Pro.Benfica

Terça-feira, 9 Setembro, 2014

A seleção segundo os sportinguistas

Filed under: Selecção Nacional — pro.benfica @ 19:47

Não vou discutir a convocatória e o onze nacional de Paulo Bento. Há assuntos que, de tão evidentes, não merecem discussão.

Interessa-me mais observar a coisa de outro ponto de vista, o… chamemos-lhe míope.

Pois bem, segundo os bolguers e comentadeiros afetos ao Sporting, todos os males da seleção seriam resolvidos com um onde inicial próximo disto:

1- Rui Patrício.

2- Cedric

3- …

4- …

5- …

6- William Carvalho

7- …

8- André Martins

9- …

10- Adrien Silva

11- Nani.

O suplente número um seria João Mário…

Obviamente que as demais posições teriam de ser preenchidas por outros jogadores. Porquê?

Bom, o 7 é óbvio: Cristiano Ronaldo.

Os dois centrais não poderiam ser sportinguistas, já que os lugares são ocupados, em Alvalade, por um brasileiro e um francês; a defesa esquerdo há um brasileiro e, por outro lado, sugerir a saída de Fábio Coentrão era capaz de ser um pouco exagerado (até para lagartos); a ponta-de-lança há um argelino… que joga pela Argélia.

Dito de outra forma, para os adeptos do Sporting o onze nacional seria constituído por 11 sportinguistas, caso o 11 titular da equipa principal fosse formado só por portugueses.

Conclusão: é muito difícil contra-argumentar face a tão brilhante exercício de independência e sobriedade.

Anúncios

Segunda-feira, 8 Setembro, 2014

Portugal – 0 Albânia – 1

Filed under: Selecção Nacional — pro.benfica @ 23:36

Depois da triste passeata pelo Brasil, esperava-se que a seleção A de futebol começasse a limpar a imagem e a recuperar algum do estatuto perdido.

Tivemos azar… poderíamos ter apanhado uma equipa acessível para iniciar esse processo de reabilitação.

Quarta-feira, 17 Outubro, 2012

Seleção dá zebra

Filed under: Selecção Nacional — pro.benfica @ 0:34
  1. Cristiano Ronaldo e a centésima internacionalização e a crença de Paulo Bento de que ele baterá todos os recordes da seleção nacional de futebol e blá, blá, blá. Resultado: uma derrota na Rússia, contra uma equipa que joga mal e à defesa, ao mau estilo dos técnicos italianos, e um empate, em casa, contra esse colosso do futebol mundial que dá pelo nome de Irlanda e que se situa no 117.º posto da tabela mundial.
  2. Paulo Bento será, certamente, um homem honesto, íntegro e trabalhador. Nada a obstar. O problema é que ele não entusiasma um caracol, é incapaz de pôr um país futebolístico em êxtase com a sua seleção. Nisso, só Scolari mesmo…
  3. Pepe, no final, disse duas coisas que retive (confesso que tenho falta de paciência para o central luso-brasileiro por motivos evidentes para todos): 1.ª) prefere jogar mal e ganhar (pressupôs, mal, que Portugal jogou bem, hoje ou na sexta-feira; de facto, a seleção nem jogou bem nem ganhou); 2.ª) há problemas de balneário que urge resolve. E isto é uma novidade: que problemas de balneário??? Quem é que tem ego suficiente para criar dissensões no balneário da seleção? Ocorrem-me dois ou três nomes, mas um tendo a eliminá-lo, pois é o grande amigo do central nas Quinas e no seu clube. Logo…
  4. A seleção do Irão, comandada por esse mestre que dá pelo nome de Carlos Queirós, venceu a Coreia do Sul. Porra, até o Queirós ganha!!!
  5. O meio campo de Portugal é um deserto de ideias. É certo que já não há Rui Costa, nem Deco, nem Figo… mas Rúben Micael? Maluqueira por maluqueira, poderia ter convocado João Mário, o médio da equipa B do Sporting.
  6. Nelson Oliveira, até ao verão passado, ia jogando uns minutinhos na seleção, mesmo não o fazendo no Benfica. Porém, depois de ter faturado pelo 11 nacional contra o Panamá e de começar a jogar com regularidade no depor, o rapaz desapareceu e foi ultrapassado por Eder, do Braga, onde pontapeiam a bola também Rúben Micael, Custódio, Rúben Amorim… Coincidências…
  7. O lateral esquerdo… Fábio Coentrão lesionou-se contra a Rússia, nos selecionados não havia ninguém de raiz para o lugar. Quem é que o génio se lembra de convocar? Eliseu, claro… que não. Nelson, o ex-lateral esquerdo do Benfica. E quem é que começa o desafio de hoje a titular? O Miguel Lopes! Confuso? Claro que sim!

Sábado, 8 Setembro, 2012

Luxemburgo – 1 Portugal – 2

Filed under: Selecção Nacional — pro.benfica @ 1:46

Mais uma bela de uma trampa de uma exibição da seleção nacional.

Começámos a perder com uma seleção de amadores, lá demos a volta, com o 2 a 1 a ser marcado por Helder Postiga, que levou um encontrão nas costas de um luxemburguês um nano-segundo antes do remate, o que terá sido a causa da bola entrar. Estou convicto de que, não tivesse havido esse encontrão, o nosso avançado emigrante teria falhado o golo.

Como o jogo começou dez minutos após Passos Coelho ter apresentado à nação as novas medidas de austeridade, poderá haver mentes retorcidas que associem a má exibição ao choque resultante do anúncio. Eu não penso assim. De facto, tendo em conta que a maioria dos jogadores da seleção jogam na estranja, não serão afetados pela desgraça anunciada pelo nosso primeiro-ministro.

Paulo Bento continua a ser um «homem sério» (literal e metaforicamente), mas também continua a não entusiasmar um pentelho do professor Eduardo Catroga.

Por sua vez, o Bruno Alves lá teve outra entrada assassina, mas conseguiu safar-se só com amarelito.

Enfim, três pontos e o caminho para Brasil 2014 continuará tranquilo, com mais ou menos sobressaltos.

P.S. A SAD do Sporting voltou a dar mais de 40 milhões de euros de prejuízo. Só pr’a alegrar, num dia cheio de novas tão tristes.

P.S.1. Está explicada a tristeza de Tristiano Tristaldo: ele soube, de antemão, o novo roubo protagonizado por Passos Coelho e sus muchachos.

Sexta-feira, 11 Maio, 2012

Os 23 para o Euro

Filed under: Selecção Nacional — pro.benfica @ 1:21

Quem é que o penteadinho e monótono treinado nacional levará ao Euro?

Na baliza, Rui Patrício e Eduardo estão certos. (2)

Na defesa, João Pereira, Bruno Alves, Pepe, Rolando, Fábio Coentrão também. (5)

No meio campo, Moutinho, Meireles e Martins. (3)

No ataque, Cristiano, Nani, Postiga… (3)

Terça-feira, 11 Outubro, 2011

Dinamarca – 2 Portugal – 1

Filed under: Selecção Nacional — pro.benfica @ 22:44

Portugal, caso os avançados dinamarqueses tivessem um pouquinho de técnica, teria saído goleado da Escandinávia.

Para resumir e sem mais considerandos, numa palavra se resume o jogo: VERGONHA!

Sexta-feira, 7 Outubro, 2011

Portugal – 5 Islândia – 3

Filed under: Selecção Nacional — pro.benfica @ 22:58

Primeiro: o Ruben Amorim não jogou. Ainda bem: quando voltar ao banco do Benfica, continua a não estranhar.

Segundo: Rui Patrício é grande… o quê não sei exatamente, mas tudo o que faz é em grande.

Terceiro: Rolando, que grande central. Para culminar a sua prestimosa exibição, fez um penáltie estúpido. Esqueceu-se que estava a representar a seleção e não o seu clube.

Quarto: Eliseu não faz outra igual. O golo que marcou é a única coisa de jeito da noite (além da vitória, pronto).

Quinto: ainda bem que não vi o jogo.

Sexto: alguém se entusiasma com esta seleção? É certo que, quase de certeza, nos vamos apurar para o Europeu, mas este futebol entusiasma alguém? E que hipóteses de êxito pode ter uma esquadra que apresenta, como titulares, João Pereira, Rolando, Carlos Martins e Hélder Postiga, além de Rui Patrício? Mais, que tem como únicos jogadores de exceção Nani e Ronaldo?

Quarta-feira, 7 Setembro, 2011

Ricardo Carvalho vs. Paulo Bento (parte «n»)

Filed under: É só rir, Selecção Nacional — pro.benfica @ 13:04

Na entrevista à TVI, Paulo Bento afirmou que Ricardo Carvalho deveria pedir desculpa a Portugal / aos portugueses.

Isto é um discurso parvo. O que querem saber os imensos portugueses que não prestam atenção «à bola» deste infeliz episódio? E os outros, os que gostam de futebol? Eu não quero nenhum pedido de desculpas. Passou-se da cabeça, punam-no de acordo com o «crime» e siga a banda. Ponto.

Segunda-feira, 5 Setembro, 2011

Pela boca morre o peixe

Filed under: Selecção Nacional — pro.benfica @ 3:24

          Ricardo Carvalho chamou mercenário a Paulo Bento e sustentou a sua «tese» em dois argumentos contrastivos entre si. Primeiro: o selecionador está na seleção porque lhe pagam. Segundo: por oposição, ele, Ricardo, vai à nacional por amor à camisola.

Bom, a edição de hoje do Record noticia que o futebolista do Real Madrid recebeu, ao longo da carreira, 920 mil euros pelas presenças na seleção nacional de futebol. Com um amor assim, quem é que precisa de ser mercenário?

Sábado, 3 Setembro, 2011

Ricardo Carvalho: “Paulo Bento é um mercenário”.

Filed under: Selecção Nacional — pro.benfica @ 16:32

Ricardo Carvalho deu uma entrevista à RTP para explicar a sua renúncia.

          A dada altura declarou mais ou menos isto: «”Se ele (Paulo Bento) utilizou uma linguagem militar – para descrever a situação -, eu, usando a mesma linguagem, poderia chamar-lhe mercenário. Quando se vai para a guerra paga, quando não se vai por amor e paixão ao país, somos mercenários. Eu estou na seleção por amor e por paixão e o selecionador está porque lhe pagam

          Um dia, ainda no Chelsea, José Mourinho sugeriu, sobre Ricardo Carvalho, que ele não tinha um QI muito elevado. Ora, estas declarações vêm confirmar essa opinião. A profissão de Paulo Bento não é a de treinador? Então por ser português deveria trabalhar na seleção de forma gratuita? E os jogadores, quando atuam pela seleção, não recebem nada? Eu sei que já passaram uns anos valentes, mas será preciso recordar a este rapaz o que foi Saltilho? E ele próprio nunca recebeu nada pelas presenças em europeus e mundiais?

          Ó Ricardo, deverias ter ficado calado se só tinhas isto para dizer.

Older Posts »

Create a free website or blog at WordPress.com.