Pro.Benfica

Sexta-feira, 9 Dezembro, 2016

Bruno e o suspense

Filed under: Bruno de Carvalho, Sporting, Uncategorized — pro.benfica @ 0:00

Bruno de Carvalho a um jornal francês: “Estamos a matar o suspense.” (do futebol)

Tradução. “Ó Jorge, então já estamos fora da Europa em dezembro?”

Subrepticiamente: “Ai a merd…, que ainda perco as eleições e o tacho.”

Anúncios

Domingo, 31 Julho, 2016

Campeões europeus

Filed under: Uncategorized — pro.benfica @ 23:08

O mês de julho trouxe-nos dois grandes títulos:

  • a 10, Portugal derrotou a França, com um golo de Éder no prolongamento da final, tornando-se pela primeira vez Campeão Europeu de Futebol.
  • poucos dias depois, a seleção de hóquei cilindrava a Itália e reconquistava o título europeu muitos anos depois.

Segunda-feira, 4 Abril, 2016

Bayern

Filed under: 1.ª Liga, Liga dos Campeões — pro.benfica @ 0:29

Faltam cinco (5) jogos para a primeira liga terminar. O Benfica segue à frente com 2 pontos de vantagem para o Sporting (dou de barato que este triunfará amanhá em Belém).

Falta ir a Coimbra, a Vila do Conde e ao Funchal, mais dois jogos em casa. Pelo meio existe a dupla jornada com o Bayern de Munique. É um problema intrincado para Rui Vitória. O que fazer? Lutar e tentar fazer o melhor frente aos mais que favoritos alemães? Isso implica pôr em campo os melhores, forçando-os a (mais) duas duras batalhas e, mesmo assim, apostando todas as fichas, a sair derrotado e por que números… Ou poupar jogadores fulcrais (Jonas, Gaitán, Fejsa…) e correr um risco maior de sair com uma cabazada?

A isto há a acrescentar a meia final da Taça da Liga frente ao Braga.

Os mais ferrenhos e otimistas defendem que o único horizonte para o Benfica é ganhar, seja em que terreno for, indiferente ao adversário. Por mim, como em tudo na vida, prefiro definir objetivos: primeiro, segundo, terceiro e por aí fora, o campeonato nacional; depois a Taça da Liga, tão desprezada por outros, apenas porque não consta do seu historial; por último, a Liga dos Campeões. É possível eliminar os alemães? Com certeza! Os impossíveis na vida são quase inexistentes, sem o sonho ‘o homem é um cadáver adiado que procria’, porém encarar a existência com realismo é um princípio a observar.

O triunfo no campeonato de 2016 é importantíssimo, é a melhor resposta a quem passou longos meses a achincalhar-nos a todos, desde a direção até ao mais simples adepto. Não se desperdice a oportunidade, quando ela está parcialmente presa nas nossas mãos. Unidos como nunca, jamais deslumbrados ou pesporrentes como num passado recente.

 

Entretanto, desde a última posta, lá abichanámos mais umas tacitas: no vólei, no atletismo, hoje no andebol frente ao eterno rival Sporting.

Quarta-feira, 10 Fevereiro, 2016

A ilteratícia

Filed under: É só rir, Uncategorized — pro.benfica @ 23:02

De croquete a literatício, ou como Zé Eduardo, o assassino de caráter, foi colega de escola de Jorge Jesus.

Segunda-feira, 8 Fevereiro, 2016

A culpa é sempre dos outros (parte II)

Filed under: Bruno de Carvalho, Sporting, Uncategorized — pro.benfica @ 23:50

O que foi dito acerca do cotovelismo argelino vale para o presidente do Sporting.

Pelo meio de sucessos da sua gestão surgem «n» casos de fracassos rotundos. Porém, a culpa nunca é do homem do leme. É sempre dos outros. O timoneiro fez sempre tudo correto, o possível e o impossível em favor do seu clube.

Notável!

Vieira até a cal que marca o relvado tinha vendido

Filed under: Benfica, Gaitán, Luís Filipe Vieira, Transferências, Uncategorized — pro.benfica @ 23:44

Saiu hoje a notícia de que o Benfica teve acordo firmado com um clube árabe para a venda de Gaitán por 35 milhões de euros no verão passado.

O argentino é que recusou.

Fica-se, assim, com a certeza de que, de tivesse podido, Vieira tinha vendido tudo o que mexesse (e alguns inertes) no Benfica: Lima (foi), Gaitán, Jonas, Jardel, Lisandro Lopez, Salvio…

Claramente, esta época era para não ganhar nada e para aguentar um provável terceiro lugar. No entanto, alguns dos jogadores não quiseram sair. E, subitamente, a 8 de fevereiro, a equipa está em primeiro lugar da liga.

Porém, tenhamos uma certeza: não é pela visão de Vieira.

Slima-nita e bracito

Filed under: Sporting, Uncategorized, Violência, Slimani — pro.benfica @ 23:28

Slimani andou a distribuir cotoveladas em barda.

Perante a iminência de vir a ser castigado a posteriori, os sportinguistas queixam-se de que andam a tentar tramar o jogador e impedi-lo de jogar.

Isto é tão velho como os dinossauros: um sujeito nunca é responsável pelos problemas que origina. O único que se tramou foi o próprio jogador: não tivesse andado a agredir ninguém à cotovelada e ninguém se «meteria» com ele.

Patetices…

Segunda-feira, 21 Dezembro, 2015

Jorge Jesus, treinador leonino do ano

Filed under: Jorge Jesus, Sporting, Uncategorized — pro.benfica @ 16:44

É absolutamente ridículo, algo só digno de gente ainda mais ridícula.

Jorge Jesus recebeu o prémio de melhor treinador leonino de 2015. No fundo, é um prémio sportinguista totalmente dedicado ao Benfica. Ao serviço dos leões, o homem ganhou a Supertaça nacional e três jogos frente ao Benfica. Além disso, é segundo no campeonato, foi afastado da Liga dos Campeões, onde nem chegou a pôs os pés (mau hábito levado do Benfica) e foi afastado da Taça de Portugal, na quarta-feira, pelo Sporting de Braga. O triunfo na Supertaça vale o encómio? Aparentemente, sim. Porém, de repente, lembro-me do técnico do hóquei, que conseguiu trazer a Taça Cers e a supertaça portuguesa (isto das supertaças é mesmo troféu de Alvalade), com uma equipa de segunda apanha.

Em suma, este prémio é ridículo e não há nada (mesmo as razões «políticas» que adivinhamos lhe estão na génese) que o consigo suportar. Porém, no reino leonino batem-se palmas.

Entretanto, o Sporting perdeu o caso contra a Doyen, relativo à transferência de Rojo para o United, no TAS. Obviamente, já saiu mais um comunicado de Bruno de Carvalho, melhor, uma postadela no Facebook. Como seria de prever também, nada se diz de sustentado ou com conteúdo. Há apenas um babujar de tretas e um empurrar com a barriga para a frente, como este sujeito é useiro e vezeiro. O leão continua a confiar e a aplaudir. Força nisso.

Bruno de Carvalho é um demagogo, um populista para lagarto comer cegamente, um anti-benfiquista primário. Tem todo o direito a defender e lutar em prol do Sporting, a defendê-lo com unhas e dentes. Nada a obstar. Porém, o que o homem nos trouxe foi apenas prejuízo para o futebol e o desporto em geral: arrogância, conflito, mentira, falsidade, ignorância, falta de caráter. Basta relembrar o caso Marco Silva. Está nele todo um programa sobre o modo de funcionar desta criatura.

Olhando de fora, ou temos ali um Pinto da Costa vestido de verde e sem alguns dos vícios do senhor do Norte, ou o coveiro definitivo do Sporting. E, se (ai, a teoria dos «ses») o Sporting não for campeão este ano, é muito possível que algo de grave, muito grave, aconteça em Alvalade.

Quarta-feira, 16 Dezembro, 2015

Pedido a Luís Filipe Vieira

Filed under: Benfica, Uncategorized — pro.benfica @ 16:03

Senhor Presidente,

Peço desculpa por estar a incomodá-lo e a distrair a sua atenção dos imensos afazeres que ocupam o seu quotidiano, mas queria perguntar-lhe quando é que se decide a contratar um treinador para substituir o defunto Jesus.

Isto de ter os jogadores sem treinador desde maio é muito bonito, mas olhe que um dia destes a época começa e depois é um problema. O Shéu é um grande benfiquista, mas o benfiquismo não é propriamente um atestado de competência na arte de pôr 11 sujeitos a jogar à bola.

PS – Raio desta época que nunca mais começa. Já estamos em dezembro e, desde maio, que não se vê o Benfica a jogar futebol.

Comandante Vicente de Moura

Filed under: Sporting, Uncategorized — pro.benfica @ 15:54

Numa altura difícil para o Comandante Vicente de Moura, vítima de um problema cardíaco grave, queria deixar-lhe aqui uma saudação muito especial e os votos para que recupere total e o mais rápido possível da maleita que o acometeu.

Além de figura incontornável do olimpismo português dos últimos largos anos, é dos poucos nomes que fazem parte da atual direção do Sporting Clube de Portugal que tem uma postura saudável e discreta.

Older Posts »

Create a free website or blog at WordPress.com.