Pro.Benfica

Domingo, 2 Agosto, 2015

Carta aberta ao nosso único leitor

Filed under: É só rir, Comentários, Generalidades — pro.benfica @ 23:20

Caro Jo,

Queira, antes de mais, agradecer-lhe, genuinamente, ser o único leitor deste espaço.

Em segundo lugar, dizer-lhe que não sou pago por ninguém para escrever estas inanidades. Não conheço, pessoalmente, ninguém no Benfica, vivo a cinco horas de distância da capital e jamais me passaria pela cabeça escrever, pago por quem quer que fosse, para atacar o clube de que sou sócio e pelo qual pulo e esmurro o sofá com assinalável assiduidade. Ainda assim, agradeço a consideração irónica de que teria capacidade para influenciar o que quer que fosse ou quem quer que fosse no que ao Benfica diz respeito. Sou apenas um sujeito que escrevinha umas coisas que brotam da sua paupérrima cabeça sobre o que lhe apetece.

Em terceiro lugar, não tenho como objetivo atacar ou defender o Benfiva, o Sporting, o Porto ou quem quer que seja. Sou, digamos, pessimista, pelo que vejo sempre o copo meio vazio. Além disso, quando gosto, digo-o sem entraves, e, quando não gosto, afirmo-o sem peias.

Verá que, durante o ano, raramente escrevo o que seja por manifesta falta de tempo. Agora, de férias, com mais disponibilidade, infelizmente pego na pena e atento contra a inteligência comum.

Em quinto lugar, o título do blogue saiu-me depois de constatar que a blogosfera «desportiva» se pauta pelo ataque descabelado, pela agressão e violência verbais, pelo ódio absoluto ao adepto de outra cor que não a «minha». Quer ver? Como entender que um blogue sportinguista censure qualquer comentário vermelho ou azul «normal» e ostente, com orgulho, comentários em que seres tristes e insignificantes desejam a morte aos adeptos adversários? Foi por isso que o prefixo «pro» foi adotado no título.

Em sexto lugar, não tenha dúvidas: quero que o Benfica ganhe SEMPRE. E, nestes dois anos, ganhámos que nos fartámos em todas as modalidades (exceto o andebol). E é isso que quero que continue, mesmo sabendo que tal não é possível, nem provavelmente saudável, até porque o desporto faz-se de vitórias e derrotas. E só se saboreia o doctravo da vitória após uma derrota, embora ganhar saiba sempre a mel. Por exemplo, a cada vitória na era da saga de Carlos Lisboa e companhia correspondia uma euforia maior do que na vitória anterior. E como doeu quando finalmente o seu tempo dourado finalizou, ainda por cima aos pés do Porto! É por esse desejo de vitória, portanto, e por entender que este caminho não nos levará até esse porto que tenho escrito da forma que vitupera. Porém, como sempre digo, não percebo puto de bola, logo…

Por último, viva o Benfica!

E note que, quando ganharmos, cá estarei aos pinotes, todo eufórico!

Anúncios

Create a free website or blog at WordPress.com.