Pro.Benfica

Quarta-feira, 10 Fevereiro, 2016

A ilteratícia

Filed under: É só rir, Uncategorized — pro.benfica @ 23:02

De croquete a literatício, ou como Zé Eduardo, o assassino de caráter, foi colega de escola de Jorge Jesus.

Quinta-feira, 13 Agosto, 2015

A falência da palavra e a dos testículos (argh!)

Filed under: É só rir, Mourinho, Rui Vitória, Sporting — pro.benfica @ 2:21

Após a Supertaça, os dicionários de língua portuguesa perderam uma palavra, de tão usada pelos adeptos do Sporting Clube de Jesus de Carvalho: «azia», ou a sua variante «asia».

Só espanta que nenhum telejornal tenha aberto com a notícia sobre a rurura de medicação nas farmácias lusitanas.

Por outro lado, é bem provável que, até ao final desta semana, muitos portugueses e portuguesas venham a ser vítimas de úlceras ou cancro no estômago.

Porém, também não será de descartar um surto bem agressivo de demência e euforia desmesuradas, com consequências igualmente negativas lá mais para a frente.

Rui Vitória… O mais frustrante no homem nem foi o (não) futebol (não) praticado na Supertaça, a consequente derrota, o medo confesso com que entrou em campo, a água destilada ao longo do encontro, a forma como mostrou que qualquer mija na escada mexe com a sua cabeça, a falta de organização defensiva e ofensiva, a mentalidade que transmitiu (?) à equipa. Não, não foi nada disso, meros pormenores, mas o modo vergonhoso como se deixou tourear pelo maior divulgador da língua portuguesa contemporâneo do madeirense de estátua avantajada.

A sério, Rui, é uma vergonha teres sido bandarilhado por um sujeito que nem pensar consegue em português, incapaz do mais simples cálculo mental. É verdade que, ao recusares proximidades com a pessoa, foste avisado. Basta atentar nos efeitos nefastos que a convivência de Paulo Fonseca com o homem teve no primeiro, bem evidenciadas ao serviço do Porto. Aquilo começava por defrontar um clube russo, passava pela Escandinávia e acabava os 90 minutos na Alemanha.

Concedo-te isso… Porém, poderias ter posto um pouquinho os olhos em Mourinho (argh!). O consumidor voraz de pastilhas foi acometido de um pico de vaidade e presunção e meteu-se com o setubalense. Levou uma paulada tal que ficou sem voz, remetendo-se à toca e de lá mais não ladrou.

Poderias dizer, como disseste, que não lhe responderias porque não querias, mas acrescentavas que também não o farias por falta de um tradutor de jesuês para português… ou outra merda qualquer que reduzisse o homem à sua efetiva insignificância.

É pá, Rui, aquele encontro entre o lambadas e a Paulo Rêgo é um manancial… Escreves livros a mais e lês a menos.

A deformação

Filed under: É só rir, Formação — pro.benfica @ 1:50

O futebol é uma festa linda, um poço de divertimento, um antro de gente mais flexível do que o pirilau do meu avô quando chegou aos cem anos.

As contas e os negócios de Vieira são tão transparentes como os vidros fumados do carro do meu tio da América, que apenas a minha tia conduz, pois, nos últimos anos, ele virou um autêntico Mr. Magoo.

Daí que a dúvida seja se os 15 milhões de João Cancelo ou Ivan Cavaleiro são tão palpáveis quanto os de Wallyson «a haver», o tal que disse que esperava que Jorge Jesus fizesse com ele o que fez com Matic. Estes miúdos são tão ingénuos…

Mas a galhofa não pára aqui. O projeto de formação ameaça transformar-se numa ponta de aproximação entre os dois lados da 2.ª Circular. Os 5 futebolistas anuais da formação a integrar a equipa A do Benfica resumem-se a um Nelson Semedo lançado às feras contra os de Alvalade no passado domingo. Os outros vão sendo distribuídos por aí, visto que, depois do casamento, José Veiga chegou mais frouxo e o Valência e o Mónaco já fizeram todas as ofertas nas missas da época passada.

No clube do unanimismo em torno da figura rotunda, os produtos da Academia vão sendo despachados à velocidade do meteorito que acabou de cruzar os céus aqui. Mas nada se passa e está tudo bem. Basta atentar na última crónica do estimável Dr. Barroso, um caso de estudo acerca de como os cubanos consumidos ao longo de uma vida destroem um cérebro. O projeto de ontem foi objeto de defecação abundante por parte do novel treinador, o orgulho da véspera tornou-se o Alzheimer de hoje. E a corte acéfala baba-se toda e bate palmas. O jovem cedro (meu Deus, o levantamento de rancho, as vestes rasgadas que houve porque Paulo Bento levou ao Brasil André Almeida no lugar deste prodígio de Alcochete) foi substituído pela promessa de 30 anos que responde pelo nome de João Pereira. No meio campo, com o regresso do Patrick Vieira «made in» pântano cheio de mosquitos (Bruno de Carvalho «dixit»), o craque João Mário deverá alapar o pandeiro no banco de suplentes. No final, bem feitas as contas, restarão três do orgulho do leão. Palhinha, o substituto natural de WC, va «enfardar» para Moreira de Cónegos. No seu lugar fica um brasileiro de créditos ainda não formados, mas já descrito pelos visionários do «Mais Transferências», após a observação de uns vídeos no Youtube, como um diamante bruto repleto de talento que não engana, proveniente do segundo escalão brasileiro (Alô, Talisca!) e que custou quase 4 milhões de euros (o mini-Messi escocês já terá manifestado o seu descontentamento). Wallyson, já aqui referenciado e tão reclamado durante o consulado de Marco Silva, foi empandeirado para o Nice,  a troco de 15 milhões de euros se os franceses o quiserem em definitivo. 15 milhões de euros! Isto de o Benfica não registar a patente das suas criações é um valente cagalhão! Em suma, em Alvalade, assiste-se a um despachar de talentos a «velocidade furiosa». Também lá esta malta terá de nascer não sei quantas vezes para terem a possibilidade de pisar o relvado principal, mesmo que cheio de fungos.

Não faltará muito para ouvir os adeptos de Bruno de Carvalho a gritarem, sem se rirem, que não querem saber se o 11 do Sporting é constituído por um futebolista de cada nação ou só por tugas, pois o que querem é ganhar. Melhor dizendo, espero que não os ouça tão cedo…

Quarta-feira, 12 Agosto, 2015

O bálsamo Kardashian

Filed under: É só rir, Beleza Feminina — pro.benfica @ 6:21

Um gajo, após a noite de domingo, acha que não poderá haver nada mais trágico no século seguinte.

Até que encontra isto:

kim

Jorge Jesus, o revolucionário da Matemática

Filed under: É só rir, Jorge Jesus — pro.benfica @ 5:45

10 + 5 + 1 dá 15… errrrrrrrrr… enfim, é fazerem as contas…

Segunda-feira, 10 Agosto, 2015

O verdadeiro culpado

Filed under: É só rir, Supertaça — pro.benfica @ 5:21

Anda por ai’ um verdadeiro frenesim na tentativa de apontar O culpado pela derrota de ontem.

Candidatos nao faltam: Vieira, Rui Verrota, Domingos Soares Abrantes, o papagaio da minha tia…

Nope! A culpa disto tudo e’ do Conceiçao, o Se’rgio.

Segunda-feira, 3 Agosto, 2015

Mais uma derrota de Vitória

Filed under: É só rir, Benfica, Rui Vitória — pro.benfica @ 6:19

Rui Vitória disse que ia morrer pelo Benfica.

Eu ofereço a pistola…

Domingo, 2 Agosto, 2015

Carta aberta ao nosso único leitor

Filed under: É só rir, Comentários, Generalidades — pro.benfica @ 23:20

Caro Jo,

Queira, antes de mais, agradecer-lhe, genuinamente, ser o único leitor deste espaço.

Em segundo lugar, dizer-lhe que não sou pago por ninguém para escrever estas inanidades. Não conheço, pessoalmente, ninguém no Benfica, vivo a cinco horas de distância da capital e jamais me passaria pela cabeça escrever, pago por quem quer que fosse, para atacar o clube de que sou sócio e pelo qual pulo e esmurro o sofá com assinalável assiduidade. Ainda assim, agradeço a consideração irónica de que teria capacidade para influenciar o que quer que fosse ou quem quer que fosse no que ao Benfica diz respeito. Sou apenas um sujeito que escrevinha umas coisas que brotam da sua paupérrima cabeça sobre o que lhe apetece.

Em terceiro lugar, não tenho como objetivo atacar ou defender o Benfiva, o Sporting, o Porto ou quem quer que seja. Sou, digamos, pessimista, pelo que vejo sempre o copo meio vazio. Além disso, quando gosto, digo-o sem entraves, e, quando não gosto, afirmo-o sem peias.

Verá que, durante o ano, raramente escrevo o que seja por manifesta falta de tempo. Agora, de férias, com mais disponibilidade, infelizmente pego na pena e atento contra a inteligência comum.

Em quinto lugar, o título do blogue saiu-me depois de constatar que a blogosfera «desportiva» se pauta pelo ataque descabelado, pela agressão e violência verbais, pelo ódio absoluto ao adepto de outra cor que não a «minha». Quer ver? Como entender que um blogue sportinguista censure qualquer comentário vermelho ou azul «normal» e ostente, com orgulho, comentários em que seres tristes e insignificantes desejam a morte aos adeptos adversários? Foi por isso que o prefixo «pro» foi adotado no título.

Em sexto lugar, não tenha dúvidas: quero que o Benfica ganhe SEMPRE. E, nestes dois anos, ganhámos que nos fartámos em todas as modalidades (exceto o andebol). E é isso que quero que continue, mesmo sabendo que tal não é possível, nem provavelmente saudável, até porque o desporto faz-se de vitórias e derrotas. E só se saboreia o doctravo da vitória após uma derrota, embora ganhar saiba sempre a mel. Por exemplo, a cada vitória na era da saga de Carlos Lisboa e companhia correspondia uma euforia maior do que na vitória anterior. E como doeu quando finalmente o seu tempo dourado finalizou, ainda por cima aos pés do Porto! É por esse desejo de vitória, portanto, e por entender que este caminho não nos levará até esse porto que tenho escrito da forma que vitupera. Porém, como sempre digo, não percebo puto de bola, logo…

Por último, viva o Benfica!

E note que, quando ganharmos, cá estarei aos pinotes, todo eufórico!

Quinta-feira, 30 Julho, 2015

É p’ra loucura!

Filed under: É só rir, Benfica — pro.benfica @ 2:39

José Viterbo não está disponível?

Quarta-feira, 22 Julho, 2015

Gala Humoris Sporting 2016

Filed under: É só rir, Sporting — pro.benfica @ 3:10

Repescando (ainda) o «post» anterior, a gala de humor do Sporting será assim:

– O vencedor da Liga 2016 é…

(Silêncio expectante na sala..)

… o Benfica.

A sala vem abaixo. Jorge Jesus dá um salto mortal e dois pinotes em celebração… até que se apercebe que já não mora lá.

Older Posts »

Site no WordPress.com.